PENALTY É NOVA FORNECEDORA DE MATERIAL ESPORTIVO

O Cruzeiro confirmou ontem que a tradicional marca Penalty fornecerá os uniformes durante 3 anos.

Após alguns anos de Olyimpikus que não agradaram a todos torcedores, o Cruzeiro fará a estreia do novo uniforme na Copa São Paulo de Futebol Júnior com o seguinte uniforme (divulgado a pouco pela acessória da equipe):


VISANDO 2015

Ontem o Cruzeiro perdeu a final da copa do Brasil para seu rival Atlético-MG e agora cumprirá tabela pelo Campeonato Brasileiro já visando o planejamento para a próxima temporada.

Atuação apática frente ao rival e não digna do melhor time do Brasil que buscava ser pentacampeão da competição. O time que foi bicampeão Brasileiro não entrou em campo ontem e muito menos no primeiro jogo da decisão. 

Enquanto o adversário buscava alternativas víamos o time técnico inoperante, sem gana. Má atuações da maioria, destaca-se exibições negativas de Goulart (pior em campo), Ribeiro e companhia. É o famoso jogo dos culpados, Willian e Henrique eram os mais aguerridos e adivinha quem falhou no lance do gol do adversário? Mas não levam toda depreciação, o conjunto não estava bem desde início e exigia que Fábio fizesse defesas extraordinárias.

São só apenas algumas observações que podiam ser feitas, mas isso não apaga o que o clube representou nestes dois anos e o trabalho de Marcelo Oliveira também não vai por água baixo, já que ele se tornou um vilão pois é conhecido como um treinador que não sabe jogar mata-mata.

O Cruzeiro agora enfrenta a Chapecoense fora de casa nesse Domingo as 17 h e depois encerrá o campeonato contra o Fluminense no jogo da taça noutro Domingo no dia 7/12. 
Jogos onde o treinador Marcelo Oliveira terá oportunidade de colocar jogadores que não tiveram espaço durante a temporada e os mesmos poderão demonstrar seu valor.

ENTROU PARA HISTÓRIA

É TETRA! É BICAMPEÃO SEGUIDO! É PARA ENTRAR NA HISTÓRIA!

Após o tetra campeonato conquistado nesse domingo, contra o Goiás, o time de Marcelo Oliveira, entrou de fato para história. 

E os títulos representam muito mais, representa também a formação de ídolos e de grandes jogadores que hoje são referências para o futebol Nacional.
Também pela quebra de recordes, como por exemplo, ser agora junto com o São Paulo um dos que ganharam dois Campeonatos Brasileiros de pontos corridos seguidos.
Pela repercussão internacional que torna o Cruzeiro ainda mais GIGANTE!
E agora OITO vezes campeão nacional, mais respeitado que nunca o gigante da Pampulha mostrou mais uma que quando entra numa competição, entra para ganhar!

Foto publicado pelo jogador Nilton

Este título também serve para mostrar que somos o MAIOR DE MINAS em absoluto, e que qualquer comparação não cabe.

Não é para qualquer time, duas vezes campeão do campeonato mais equilibrado do mundo! 

E agora falando como um torcedor, feliz como nunca, gostaria de agradecer. Agradecer a essa diretoria responsável que não atrasa pagamentos, faz contratações pontuais e cumpri com seus compromissos, também aos jogadores quem tem raça e trouxeram mais esse título. E também a China Azul, que comparece em peso aos jogos, paga o sócio em dia e que só agiganta mais esse time!

POSTER TETRA CAMPEONATO IG


CRUZEIRO SOFRE REVÉS NA DECISÃO

Washington Alves/LightPress
Nesta quarta-feira tivemos um jogo mais que equilibrado no estádio Independência, que nem lotado estava, teve presença somente de atleticanos devido as manobras da diretoria do Atlético-MG.

Luan marcou o primeiro tento logo no começo do jogo em posição irregular. Falha de Mayke? Falha do bandeirinha que não anulou o gol!
Como eu já disse, um jogo equilibradíssimo, e a raposa não sentiu o gol e aos 11 min. Marcelo Moreno já finalizava com perigo a baliza de Victor. E assim se manteve o jogo até o fim do primeiro tempo, sem grandes oportunidades de concluir em gol, jogo em aberto. Já no segundo tempo o Atlético marcou após cobrança de lateral e desatenção dos marcadores celestes. A partir disso o Cruzeiro continuava a buscar um gol, não conseguiu criar oportunidades e o domínio do jogo acabou por ser do time de Levir.


Não gosto de atribuir a derrota à uma só pessoa e tampouco a juiz ou outros, pois quando um perde, todos perdem. Mas é óbvio que não pode se passar em branco o gol de Luan em posição irregular que lá na frente irá contar muito, podendo ser decisivo para definição do título. Mas também vimos atuações apáticas como à de Éverton Ribeiro e um jogo muito abaixo do normal de Mayke, que não estava cotado para entrar como titular até a confirmação da lesão de Egídio. E quanto as alterações de Marcelo Oliveira, foram no mínimo plausíveis. Alterações: Lucas Silva (Nilton), Henrique, Everton Ribeiro (Júlio Baptista) e Ricardo Goulart (Dagoberto).

E para o jogo de volta será necessário muita raça e também técnica, que o Cruzeiro tem de sobra, para conseguir o resultado que leva a taça. Lembrando que caso o Atlético faça um gol, eles jogarão pela regra e o time celeste terá que fazer 4 para que seja possível ser campeão. Repetindo o placar teremos pênaltis e um 3 x 0 dá o título.

JOGANDO COMO CRUZEIRO

Após cumprir com a o obrigação e vencer o Botafogo por 2 x 1 em casa o Cruzeiro enfrentará nessa quarta 05/11 o Santos, joga as 22 na Vila Belmiro.  

Foram 14 finalizações contra o Botafogo, atual 18º colocado, sendo 8 certas e 6 erradas. Dominou grande parte do jogo e cabia até uma goleada contra o fraco time carioca, sem ser ameaçado em maior parte do tempo Marcelo Oliveira acabou por recuar o time como em outras oportunidades e deu no que deu, gol contra de Léo aos 48 2'T e pressão nos minutos finais do adversário.

O time jogou como está habituado, jogou para vencer, mas ainda insiste em falhar no básico. Oportunidades claras de fazer gol desperdiçadas e queda de rendimento quando joga recuado. O Cruzeiro sofreu 33 gols neste Brasileiro e 15 deles na etapa final de jogo (60 minutos para frente), quase metade! 

Faltando apenas 6 rodadas para o fim do campeonato, o torcedor está com a calculadora na mão, com 18 pontos em disputa se vê necessário somar 8 pontos, ou seja, vencer somente duas e empatar outras duas. Nessa projeção o Cruzeiro seria campeão com 72 pontos. 
Nestes 6 jogos colocaria que dois são de um grau de dificuldade superior, contra Grêmio e Santos fora de casa, outros 3 contra times que brigam contra rebaixamento (Criciúma, Goiás e Chapecoense) e por último o time do tapetão onde talvez o campeonato já esteja decidido.

Outro problema que o Cruzeiro enfrentará é a maratona de jogos, caso avance para a fase final da Copa do Brasil terá que jogar quarta/quinta e sábado/domingo sem pausa até o fim do ano. Esse desgaste que atrapalha também o vice colocado (São Paulo), que vai avançando pela Sul Americana. 
Com os jogadores fadigados a qualidade do elenco se faz necessária de novo, com um time versátil onde é possível substituir peças sem mudar o estilo de jogo o Cruzeiro conta agora nesse final de temporada com seu banco de reservas de qualidade que possui Willian, que surpreendeu a todos e já está liberado para enfrentar o Santos.

TEMOS CONDIÇÕES

Uma vitória em cinco jogos pelo Brasileirão, dois empates contra times que brigam pelo rebaixamento e também uma derrota pela Copa do Brasil no jogo de volta contra o ABC marcam a má fase do Cruzeiro neste fim de temporada.

Líder desde a sexta rodada a equipe celeste tem agora enfrentado maiores dificuldades para assegurar a liderança e consequentemente o título. Explicações para irregularidade há de sobra, como por exemplo o cansaço, que é até muito aceitável já que calendário da CBF é simplesmente ridículo! Jogadores a serviço da seleção, lesões constantes no elenco e irregularidade de jogadores de nome como Willian também contribuem.


E amanhã, no jogo de ida da Copa do Brasil pela semi final, a equipe celeste terá que apresentar um futebol diferente do que vem sendo apresentado. Empatando contra o Figueirense criando pouquíssimas oportunidades e também somando somente um ponto contra o Palmeiras quando o time teve demasiada dificuldade de colar a bola para dentro. Dificuldade essa que a equipe vem tendo a um bom tempo, cria e cria oportunidades mas a bola não entra, hora por pecar não finalização outra hora ao meu ver por ter paciência demais. 

Questionado também sobre a briga pelo título, o Cruzeiro apresenta ainda 5 pontos de vantagem para o segundo colocado mesmo depois de resultados ruins. E ainda restam 21 pontos em disputa, talvez seja necessário somar dez ou onze para o título! Ou seja, não ganha o título se não quiser. E também acho que totalmente errado a filosofia de se dedicar somente a um campeonato, pois tem elenco e qualidade para brigar pelo título na copa do Brasil. Mostrou isso em 2003 quando conquistou a tríplice coroa e também ser um time muito mais capaz do que o Santos quando os vencemos em nossos domínios por 3 x 0 quando até o Júlio Batista fez golaço.

Para o jogo desta quarta o Cruzeiro terá também reforços, o camisa 10 Júlio Batista está de volta e já relacionado, a lista de relacionados conta também com Bruno Rodrigo, que na minha opinião o melhor zagueiro do plantel.

Goleiros: Fábio e Elisson
Laterais-direitos: Ceará e MaykeLateral-esquerdo: EgidioZagueiros: Bruno Rodrigo, Dedé e LéoVolantes: Henrique, Lucas Silva, Willian Farias e NiltonMeias: Everton Ribeiro, Julio Baptista, Marlone e Ricardo GoulartAtacantes: Dagoberto, Marcelo Moreno, Neilton e Willian

Marcelo Moreno também é certeza para o jogo de amanhã, o artilheiro se sujeitou a um exame na coxa esquerda nesta terça após se queixar de dores no local, e os exames apresentaram um resultado positivo. O boliviano tem hoje 42 gols, sendo o segundo jogador estrangeiro que mais balançou as redes pelo Cruzeiro, atrás apenas do espanhol Fernando Carazo, que anotou 44 tentos. Carazo defendeu o Cruzeiro em três décadas diferentes.


VAIA NA HORA ERRADA?!

São 7 pontos de vantagem para o segundo colocado, o time qualificado para a fase semi final da copa do Brasil e o time é vaiado num jogo decisivo dentro de casa, mas porque?
Após levar o gol marcado por Mouche aos 43' 2T, alguns torcedores vaiaram a equipe, que acabou por conseguir um empate aos 47. É certo que o torcedor que saiu correndo do trabalho para chegar no horário do jogo e que pagou caro no ingresso, não quer ver o time perder em casa, ainda mais na situação em que se passava, com 21 finalizações e 64% de posse de bola, de fato uma derrota não era aceitável para um time que briga pelo título!

Mas vaiar nunca é bom, ainda mais quando se trata do seu time que luta por uma conquista! Nem sempre as coisas dão certo, apenas oito rodadas restam para a definição do título e é necessário paciência! Um minuto no futebol é muito tempo, e ontem a vontade de buscar um resultado melhor foi essencial, por isso é fundamental apoiar teu time e vaiar o adversário! "Ser criança e não perder a esperança de ver o jogo mudar".

1 minuto é muita coisa, 5 é demais?
Palmeirenses e Paulistas reclamam em absoluto dos acréscimos que o árbitro Péricles Bassols apresentou ontem, foram cinco minutos, de fato um número acima do comum. "Até empatar" é o que alega os torcedores do palestra. Mas é claro que não houve intenção do árbitro ao dar esse acréscimo, até porque o gol saiu aos 47 e não aos 50, ou seja depois de dois minutos de acréscimo o Cruzeiro empatou o jogo. E houve um número grande de paralisações no segundo tempo, sem contar a ''cera'' que os palmeirenses fizeram questão de fazer, ou seja se não fosse 5 minutos, seriam 4 e o Cruzeiro empataria! E só mais um detalhe, árbitro da FIFA.

Ainda sobre as vaias, a atitude da torcida foi questionado por Dagoberto, autor do gol do celeste. 
"Isso é Brasileiro, tudo mundo perde, todo mundo não consegue ter uma regularidade tão grande como tivemos no campeonato. Faz parte, estamos enfrentando uma equipe que está em situação terrível, tem que ser mais inteligente, estar todo mundo no mesmo barco. Esse é o segredo do Cruzeiro, não podemos porque tomou gol começar a vaiar a equipe. Entendo o torcedor, mas somos seres humanos, todo mundo aqui joga quarta e domingo, tem dores. Não pode vaiar a equipe. Eu estou há muito tempo jogando com dor, voltei conversei com médicos, mas é assim a minha vida", declarou o camisa 11 após o jogo.

O Palmeiras realmente veio dedicado a se defender e jogar por uma bola, o Cruzeiro é também o time mais regular do campeonato mas é improvável que tirem esse título de nós. Mas é questão é a seguinte, novamente o Cruzeiro perdeu gols, jogou melhor e não venceu e também errou em uma das máximas do futebol "que não faz leva"! Foram 5 finalizações certas do Palmeiras, 3 com muito perigo e uma delas saiu o gol. O ponto somado dentre as circunstâncias foi excelente mas esses vacilos vem acontecendo com frequência e tem que serem corrigidos, ontem foi por pouco. E mais uma coisa, porque não jogou daquela forma antes de levar um gol?

A LUTA CONTINUA

Após cinco jogos passados foram somados 7 pontos de 15 disputados, sendo duas derrotas um empate e uma vitória, como já havia dito talvez tenha sido a sequencia de 5 jogos mais difíceis do campeonato.E seguindo a mesma base para análise de confrontos e soma de pontos o Maior de Minas enfrentará nos próximos jogos 5 times que estão na parte inferior da tabela. Vitória (fora), Palmeiras (em casa), Figueirense (fora), Botafogo (em casa) e Criciúma (em casa) respectivamente. Quando terá a chance somar pontos essenciais para a conquista do título, jogos que são difíceis apesar da qualidade técnica dos demais times. Todos brigam para se manter na série A e jogarão para ganhar independentemente de suas posturas dentro de campo.

Fazendo uma breve pausa pelo Brasileirão para a disputa das quartas-de-final da Copa do Brasil, em Natal-RN, contra o ABC. O Maior de Minas tem a vantagem mínima e pode se qualificar para a fase semifinal com um empate.

O Cruzeiro terá que buscar uma reação contra o ABC e voltar ao campeonato nacional após uma vitória, os jogadores estão conscientes dos erros contra o Flamengo e que para vencer nesta quarta será necessário estar concentrado. “É difícil falar numa hora dessas, nos não jogamos bem e aceitamos muito o Flamengo jogar, erramos muitos gols e tomamos o gol muito cedo que mudou e desestruturou nosso esquema de jogo, mas sabemos que o campeonato é difícil e bastante nivelado. Temos que reagir o mais rápido possível para não deixar as outras equipes se aproximarem”, disse Henrique. Site Oficial do Cruzeiro



Caso avance na competição a equipe Celeste poderá enfrentar Botafogo ou Santos, lembrando que a equipe de São Paulo possui a vantagem por ter vencido a partida de ida por 3 x 2 no Maracanã.

Antes do jogo de quarta gostaria também de frisar algumas derrotas do Cruzeiro que tiveram alvo falhas individuais que fizeram com que a equipe celeste pagasse caro. No jogo de ontem por exemplo contra o Flamengo vimos lances bizarros com o belo gol contra de Dedé, falhas que não são dignas de um jogador profissional, de Manoel, erros de passes simples de Egídio dentre outros; Lembramos também pelo penalty cometido pelo zagueiro Dedé contra o São Paulo (São Paulo 2 x 0 Cruzeiro); A falha de Henrique no jogo contra o Corinthians que tentou dar um passe de calcanhar no meio de campo, onde originalizou o gol do Corinthians (Corinthians 1 x 0 Cruzeiro ); A falha do capitão Fábio novamente contra o Corinthians no primeiro turno (Cruzeiro 0 x 1 Corinthians). Dentre outros!

Erros que fazem com que a equipe pague caro num campeonato de pontos corridos e pode ser fatal num mata mata. E já vimos este filme antes, quando eliminados da Copa do Brasil na temporada passar após uma falha bizarra do zagueiro Dedé no primeiro jogo que coleciona falhas atuando pela equipe celeste, quem não lembra do erro de cobertura no gol do San Lorenzo no Mineirão no último jogo do Cruzeiro pela libertadores deste ano. E quando o torcedor para e pensa sobre uma fase mata mata vem na cabeça a fama de Marcelo Oliveira, de que não sabe impor seu time nesta situação. O mesmo foi duas vice campeão da Copa pelo Coritiba.

ELENCO NOVAMENTE A PROVA

Amanhã as 22h00 o Cruzeiro enfrenta o Corinthians pela 27ª rodada do campeonato Brasileiro - 08/10 (quarta-feira) - , o jogo ocorrerá no Mineirão.

Sexto colocado pelo Brasileirão Corinthians tem a mesma pontuação de Grêmio e Atlético-MG. Eles veem de uma vitória sobre o Sport e lutam por uma posição pelo G4 e também estão na disputando a Copa do Brasil.

Hoje a acessória do Cruzeiro informou através do Site Oficial que já foram vendidos 30 mil ingressos para o jogo que acontecerá no horário de transmissão da TV aberta. Para mais informações sobre os ingressos clique aqui. 

Com muitos desfalques o nobre elenco celeste será posto a prova novamente, Goulart fora por contusão e Éverton Ribeiro a serviço da seleção. Júlio Batista segue fora por lesão e a boa notícia é que o meia Alisson que vinha em ascensão antes de se contundir estará disponível para o jogo de quarta.

E quanto ao Willian? O jogador que vem em má fase, que coincidentemente começou logo após a compra do jogador é o assunto da semana quando se fala de elenco. Selecionado para bater o primeiro penalty pelo Cruzeiro, logo em uma decisão acabou por isolar a bola. Você deve estar se perguntando porque ele foi o escolhido, e até para isso havia um ''plano'', o embasamento de Marcelo Oliveira era o seguinte: O estilo de cobrança de Éverton Ribeiro não combina com a forma de que Dida defende seus penaltys, e a propósito um dos melhores do mundo nisso, ele primeiramente espera o goleiro decidir o canto e Dida é o tipo de goleiro que gosta de esperar o jogador se decidir primeiro. Quanto o Marcelo Moreno a explicação de Marcelo Oliveira é de que eles treinaram muito tempo juntos no Grêmio então provavelmente o goleiro do Colorado conhecia o atacante e por isso a cobrança ficou entre Willian e Lucas Silva.

No quarteto ofensivo Willian deve seguir no time ao lado de Marquinhos e Marcelo Moreno, a dúvida é quem substituirá Éverton Ribeiro que estará a serviço da seleção.

JOGO DE 6 PONTOS

Você sabe o que é um jogo de 6 pontos? Se trata de uma decisão em um campeonato de pontos corridos, se seu time vence garante seus 3 pontos e que seu adversário não levará os dele. Cruzeiro x Internacional, sábado 4 de outubro - 18:30, é um jogo de 6 pontos.

Ontem no Mineirão o Cruzeiro garantiu uma vantagem mínima para a decisão da copa do Brasil, venceu por 1 x 0 com gol de Léo aos 33'2T. Um jogo difícil, apenas três titulares começaram jogando e o gol só foi sair na segunda etapa. O ABC jogou fechado os 90 minutos, esperavam levar a vantagem de um empate para casa mas acabaram por levar um gol que partiu de um escanteio, jogada forte do Cruzeiro desde ano passado. O jogo de volta será dia 15, na Arena das Dunas estádio da Copa do Mundo.

Começaram hoje mesmo a venda de ingressos para o jogo de sábado e as filas estavam cheias, cerca de 7h já haviam torcedores formando fila para a compra de ingressos, mesmo começando a venda apenas as 11.

O Inter terá a vantagem de não ter jogado no meio de semana, eles veem de uma sequencia de 3 vitórias consecutivas no Brasileiro, sendo elas contra: Atlético-PR, Criciúma e Coritiba respectivamente, destes todos estão na parte debaixo da tabela.

O Cruzeiro virá com a equipe frequente, a dúvida é só no ataque. O provável time será:
Fábio; Dedé e Manoel; Mayke e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (dúvida) e Marcelo Moreno. 

Já o Internacional tem como maior dúvida quem jogará de camisa 9, tendo como opção He-Man e W. Paulista. Eduardo Sasha é o principal desfalque do colorado. Provável time:
Dida; Paulão e Juan; Gilberto e Fabrício; Willians e Welligton; D'Alessandro, Alex e Aránguiz; Welligton Paulista.

FALTOU ''FRIEZA''

Após empatar com o Sport fora de casa o Cruzeiro terá um ''descanso'' de Brasileirão, jogará nesta quarta as 19:30 contra o ABC pela copa do Brasil.

Quanto a minha opinião sobre o jogo de sábado que está intitulada como "faltou frieza", gostaria de dizer que faltou fazer o simples para vencer, para marcar gols. Ficou visível como o Cruzeiro pecou e vem errando na hora de terminar uma jogada, tanto na hora de dar o terceiro passe quanto na hora de concluir para o gol!

Vimos Egídio, ao meu ver um bom lateral, errar demasiados cruzamentos. E quando conseguiu criar uma jogada, um erro no mínimo bizarro do meia Goulart, que acaba por chutar a bola em si próprio. Penso que os cruzamentos errados não foi por falta de técnica e sim por não fazer o ''feijão com arroz'', porque realmente não vejo a necessidade de bater de trivela na linha de fundo...

E para quem gosta de números:
Segundo o site, http://footstats.net/, o lateral Egídio errou 9 cruzamentos no último jogo e acertou apenas 2. Foram 4 desarmes e 70 no total pelo Brasileiro 2014.
Goulart finalizou 3 vezes, duas delas corretamente.

E quando digo que faltou frieza finalizadora, quero dizer que, muitas vezes vi Goulart, Éverton Ribeiro (principalmente) entre outros, tentarem fazerem a jogada mais bonita seja dando o passe ou finalizando. Dois dos chutes de Goulart para a baliza do goleiro Magrão em chance clara para o gol ele bateu rasteiro, colocado... Como já disse em acima, as vezes o simples basta, gol de bico e de canela também é gol!
Vi um número grande de pessoas nesse mesmo raciocínio, como por exemplo, os comentaristas do programa "Os donos da Bola". 

SEQUÊNCIA DIFÍCIL

Precisando urgentemente voltar a vencer após duas derrotas e um empate nos últimos 5 jogos o Cruzeiro terá tarefa difícil nos próximos 5 confrontos.
Enfrentando Coritiba fora de casa que não vive um melhor momento no campeonato mas que é sempre uma pedra no sapato como viu o próprio São Paulo;
Logo depois o Sport, também fora de casa, o oitavo colocado do campeonato talvez seja o adversário que menos ameaça nesta maratona de jogos;
Na sequência Inter e Corinthians, dois dos melhores times do campeonato enfrentarão o líder no Mineirão; respectivamente Sáb. 04/10/2014 - 18:30 Qua 08/10/2014 - 22:00.
E para terminar, o Flamengo que vem se recuperando no campeonato, expectativa sempre 
de casa cheia no Maracanã.


Com 7 ou 8 vitórias seria possível conquistar o título, tendo em mente sempre vencer em casa já que restam sete jogos na Toca III. E dos 15 jogos restantes, 8 são contra times que estão hoje na parte debaixo da tabela.

Lembrando que ainda estamos a sete pontos do segundo colocado, o São Paulo, que possuímos quase o dobro de saldo de gols, 71% de aproveitamento, os dois artilheiros do campeonato e o jogador que mais deu assistências (Éverton Ribeiro).